Kromus Design
Olá!
Seja bem vindo ao Kromus. Nosso fórum é focado em design gráfico e web, porém, compartilhamos de todo tipo de arte, sem limites entre a arte tradicional e a digital. Esperamos que goste do fórum e faça parte de nossa família! :)
Kromus Design

Um lar para os designers!


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Je Suis Charlie, Liberdade de Expressão e um Babaca.

Por favor, faça o login para responder

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

#1hitkill95 

em Sab Jan 10, 2015 11:36 pm

avatar

Novato
Novato
Tá rolando por aí nas redes sociais uma campanha "[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]" ([Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]).

pra quem ta por fora da situação, é o seguinte:

existe uma revista satírica francesa chamada Charlie Hebdo.
ela é extremamente polêmica e costuma criticar política, religião entre outras coisas. o estilo de humor deles é extremamente escrachado, demais pro meu gosto. conteúdo definitivamente adulto.

a revista fez diversas vezes charges sobre islamismo, incluindo piadas preconceituosas e caricaturas de Muhammed.


dia 7 rolou um atentado terrorista contra o escritório da Charlie Hebdo.

12 pessoas morreram e 11 feridas. o atentando foi feito por muçulmanos extremistas em resposta às charges.

a revista decidiu se manter apesar de ter perdido metade dos cartunistas. por isso surgiu a campanha na internet [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]. Charlie Hebdo se tornou um símbolo de liberdade de expressão.

mas tem uma galera que diz que isso não é legal. de acordo com essa galera Charlie Hebdo é meio que um babaca.

ninguém está defendendo a atitude dos extremistas. quer dizer, além dos outros extremistas. mas esse grupo de pessoas é minoria entre os muçulmanos.
na Europa, os muçulmanos são uma minoria que sofre bastante preconceito e as charges do Charlie Hebdo reforçavam a situação.

Então, o papo cabeça que eu quero começar é:
Charlie Hebdo deve ser considerado um símbolo da liberdade de expressão?
a revista deveria ser censurada de alguma forma?

#2Wolfed 

em Dom Jan 11, 2015 12:08 am

avatar

Veterano
Veterano
Ta aí uma coisa que eu não sei lhe responder. Eu mal tou por dentro desse assunto, mas acho que tem outros meios de demonstrar a força da liberdade de expressão. Se ter riscos de pessoas perderem suas vidas para isso, a revista deveria ser sim censurada de alguma forma. Não há nada mais valioso do que a vida. Até por que, se eles decidiram continuar, pode ter certeza que irá acontecer outros atentados terroristas para essa revista ser censurada ou falida.

#3s_herlock 

em Dom Jan 11, 2015 12:21 am

avatar

Membro Comum
Membro Comum
(estou na casa da minha vó, e aqui eles amam desgraça, é jornal 24horas...já to por aqui desse assunto..então vamos la)

Bom, andei pesquisando o que eles publicam (como as charges das capas de revista) e realmente é um humor mais adulto.

Isso de que certas coisas não se discutem como religião e politica pra mim e papo furado, tudo se discute.

O fato de usarem o charlie como simbolo de liberdade de expressão, é que por mais polemicas que sejam suas publicações, a morte(ou a tentativa de silenciar nesse caso) foi o pior. Afinal, "Posso não concordar com nada que diz, mas defenderei até o ultimo instante o seu direito de dizer" (a frase é mais ou menos assim).

A que preconceito se refere? se for religião, digo que deve haver respeito mas jamais o silencio em uma discussão de opiniões.

Se fosse o caso de um preconceito como racismo, poderiam processar a revista ou apelar para autoridades... apesar de que não acho que eles os ouviriam. Não defendo tbm o extremismo mas digo que assim como nós mataríamos se fizessem algo a nossos filhos, eles matam em nome de seu deus, sua religião e de seus ideais...

A revista voltar a publicar é um sinal de que suas opiniões não serão dadas por terra.

Resumindo, a revista não é totalmente inocente, mas em relação a liberdade de expressão.. eu fico do lado dela..  


---------------------------

eu ia publicar antes do wolfed, mas o navegador fez a gentileza de apagar tudo :D .. então,

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Ta aí uma coisa que eu não sei lhe responder. Eu mal tou por dentro desse assunto, mas acho que tem outros meios de demonstrar a força da liberdade de expressão. Se ter riscos de pessoas perderem suas vidas para isso, a revista deveria ser sim censurada de alguma forma. Não há nada mais valioso do que a vida. Até por que, se eles decidiram continuar, pode ter certeza que irá acontecer outros atentados terroristas para essa revista ser censurada ou falida.

---  

concordo plenamente que há outros meios de demonstrar a liberdade de expressão, e colorar vidas em risco pra isso, agora, não é uma boa ideia ( apesar de que para termos voz muitas vidas foram perdidas..).

Não acho que vá ocorrer outro atentado tão cedo.. eles estão bastante atentos e ainda atordoados com o que houve.. e assim como nos estados unidos, eles devem tomar algumas medidas a mais em relação ao terrorismo (ainda mais com os E.U do lado deles.. americano n gosta de terrorista..ainda acho que foi tramoia de americano mas deixa queto...ahsuhau)

#4Wolfed 

em Dom Jan 11, 2015 12:49 am

avatar

Veterano
Veterano
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:(estou na casa da minha vó, e aqui eles amam desgraça, é jornal 24horas...já to por aqui desse assunto..então vamos la)

Bom, andei pesquisando o que eles publicam (como as charges das capas de revista) e realmente é um humor mais adulto.

Isso de que certas coisas não se discutem como religião e politica pra mim e papo furado, tudo se discute.

O fato de usarem o charlie como simbolo de liberdade de expressão, é que por mais polemicas que sejam suas publicações, a morte(ou a tentativa de silenciar nesse caso) foi o pior. Afinal, "Posso não concordar com nada que diz, mas defenderei até o ultimo instante o seu direito de dizer" (a frase é mais ou menos assim).

A que preconceito se refere? se for religião, digo que deve haver respeito mas jamais o silencio em uma discussão de opiniões.

Se fosse o caso de um preconceito como racismo, poderiam processar a revista ou apelar para autoridades... apesar de que não acho que eles os ouviriam. Não defendo tbm o extremismo mas digo que assim como nós mataríamos se fizessem algo a nossos filhos, eles matam em nome de seu deus, sua religião e de seus ideais...

A revista voltar a publicar é um sinal de que suas opiniões não serão dadas por terra.

Resumindo, a revista não é totalmente inocente, mas em relação a liberdade de expressão.. eu fico do lado dela..  


---------------------------

eu ia publicar antes do wolfed, mas o navegador fez a gentileza de apagar tudo :D .. então,

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Ta aí uma coisa que eu não sei lhe responder. Eu mal tou por dentro desse assunto, mas acho que tem outros meios de demonstrar a força da liberdade de expressão. Se ter riscos de pessoas perderem suas vidas para isso, a revista deveria ser sim censurada de alguma forma. Não há nada mais valioso do que a vida. Até por que, se eles decidiram continuar, pode ter certeza que irá acontecer outros atentados terroristas para essa revista ser censurada ou falida.

---  

concordo plenamente que há outros meios de demonstrar a liberdade de expressão, e colorar vidas em risco pra isso, agora, não é uma boa ideia ( apesar de que para termos voz muitas vidas foram perdidas..).

Não acho que vá ocorrer outro atentado tão cedo.. eles estão bastante atentos e ainda atordoados com o que houve.. e assim como nos estados unidos, eles devem tomar algumas medidas a mais em relação ao terrorismo (ainda mais com os E.U do lado deles.. americano n gosta de terrorista..ainda acho que foi tramoia de americano mas deixa queto...ahsuhau)

Velho, pode até não ocorrer um atentado cedo, mas se o objetivo dos terroristas não teve sucesso, creio eu que não pararam até conseguirem. Terrorista é assim até eles estarem vivos, a única coisa que os silenciam é a morte.
Como eu não pesquisei sobre o que aconteceu (em detalhes) não posso argumentar algo mais detalhado sobre o assunto, visto que eu posso falar merda. Mas só tocando no assunto de Religião e Política serem assuntos que podem ser discutidas, eu discordo.
Cada um tem o seu jeito de pensar sobre a Religião, crer ou não crer nela depende de muita coisa da vida de uma pessoa. Existem pessoas que são crentes graças aos pais que os levavam desde crianças para à Igreja e dentro de lá eles cresceram. Outras pessoas são crentes por que creem que chegaram no fim do poço e Deus os levantou e os ajudou a retomar a rotina novamente. Por que necessitam de um herói na vida delas.
Muitos Ateus são o que são por influência. Ninguém pensa que Deus não existe e coloca isso na cabeça e faz isso a sua "crença".
Sem falar que sempre que discutem sobre religião ocorre brigas.
Então, cada homem e mulher tem uma determinada opinião para Religião, e um falando da "religião" do outro é algo incomodador e desnecessário. Mas vamos encerrar o assunto de religião por que o tópico é sobre outra coisa :V

#5Cemf 

em Dom Jan 11, 2015 1:06 am

avatar

Reviewer
Reviewer
Por incrível que pareça, também não sei quase nada sobre o assunto, apesar de saber que esse assunto está realmente circulando muito por aí. Foi mal :|

Bem, lendo o seu texto fico exatamente no meio de uma balança, na qual de um lado tem um Hebdo ousado que agora chamam de símbolo da liberdade de expressão e do outro temos um demente que ganhou fama divulgando uma charge que desrespeita a religião dos outros. Não sei pra qual lado a balança tá pendendo, lol.

De qualquer maneira, não aprovo extremismo, mas opinião é opinião né, li um título de uma matéria da BBC que dizia que a Al-Qaeda considerava heróis esses caras do atentado na França... Não dá pra saber o que passa na cabeça dessa gente.

Sobre a censura da revista... Talvez essa pergunta seja mais difícil que a primeira verysad

Quem sabe eu não leio um pouco sobre o assunto e não volto a postar por aqui...

http://seutobaemeu@myegg.com
#6Eskillo 

em Dom Jan 11, 2015 11:37 am

avatar

Moderador
Moderador
Eu só queria ver essas pessoas que querem lutar pela liber dade de expressão desses cartunistas estando aqui no Brasil, queria ver caso o papel fosse invertido e o alvo das charges fosse Jesus, tenho certeza absoluta que seria uma guerra civil!
Concluindo, é fácil quando não é o seu rabo que está em "cheque".

http://behance.com/brunosobhie
#7Steeph 

em Dom Jan 11, 2015 12:11 pm

avatar

Administradora
Administradora
Vamos lá no ponto inicial. Quem domina o mundo desde sempre, é a Igreja. Ela define muitas coisas e ela tem o poder de interferir nos avanços científicos, acredite ou não. Veja Roma e veja todo o "império" católico. Liberdade de expressão ao meu ver é que, isso sempre aconteceu e sempre vai acontecer. Se você criticar um Brad Pitt por exemplo, nada acontece, ele vai cagar e andar e os fãs dele vão apenas comentar e discutir nas redes sociais. Agora, você critica alguma coisa relacionada à religião e é isso que acontece. Desde a época de Jesus isso da morte. É esse fanatismo que tá sendo criticado.

Se quem tem religião começar a perceber as coisas de uma maneira diferente, por exemplo, Jesus pra mim não é nada demais além de um nome. Agora, se eu disser "dane-se Jesus", vão querer me matar, mas, quem é Jesus? E se Jesus, nesse contexto, for um primo meu? Vou morrer por que alguém quis.

Ninguém tem a obrigação de ter que limitar a sua expressão por causa do que os outros acham, se eu não gosto, eu posso comentar sim e quem é contra que se expresse também, mas dentro dos limites das leis civis.

Alguém chegou a morrer por ter dito que Justin Bieber é viado? Talvez o fanatismo não tenha chegado ao nível tão alto.

Quantas pancadarias nós vimos por causa da torcida do Conrinthians? Talvez o fanatismo esteja em um nível alto.

http://be.net/ideasfromsteeph http://cargocollective.com/ideasfromsteeph
#8GabrielMoon 

em Dom Jan 11, 2015 12:18 pm

avatar

Veterano
Veterano
Eu não estou tão por dentro do assunto assim, but....

Pelo que andei pesquisando os terrorista falavam francês sem problemas e o mundo
tá no meio de uma crisa em pé de guerra, não acho que os terrorista tenham ligação
com Al-Qaeda e, sobre esse papo de liberdade de expressão, acho que tão usando isso
só para embromar o povo, pode tá acontecendo outra coisa...

PS:Assim como sou a favor/conservador da "comedia pesada", eles foram mortos pela própria piada.

(Acho que fiquei parecendo aqueles caras que incita em conspiração ILLUMINATI ESTAO AAQUI)

http://be.net/gabrielmoon http://cargocollective.com/Modog
#9s_herlock 

em Dom Jan 11, 2015 11:07 pm

avatar

Membro Comum
Membro Comum
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Vamos lá no ponto inicial. Quem domina o mundo desde sempre, é a Igreja. Ela define muitas coisas e ela tem o poder de interferir nos avanços científicos, acredite ou não. Veja Roma e veja todo o "império" católico. Liberdade de expressão ao meu ver é que, isso sempre aconteceu e sempre vai acontecer. Se você criticar um Brad Pitt por exemplo, nada acontece, ele vai cagar e andar e os fãs dele vão apenas comentar e discutir nas redes sociais. Agora, você critica alguma coisa relacionada à religião e é isso que acontece. Desde a época de Jesus isso da morte. É esse fanatismo que tá sendo criticado.

Se quem tem religião começar a perceber as coisas de uma maneira diferente, por exemplo, Jesus pra mim não é nada demais além de um nome. Agora, se eu disser "dane-se Jesus", vão querer me matar, mas, quem é Jesus? E se Jesus, nesse contexto, for um primo meu? Vou morrer por que alguém quis.

Ninguém tem a obrigação de ter que limitar a sua expressão por causa do que os outros acham, se eu não gosto, eu posso comentar sim e quem é contra que se expresse também, mas dentro dos limites das leis civis.

Alguém chegou a morrer por ter dito que Justin Bieber é viado? Talvez o fanatismo não tenha chegado ao nível tão alto.

Quantas pancadarias nós vimos por causa da torcida do Conrinthians? Talvez o fanatismo esteja em um nível alto.

-----
Uhun. tem razão.. O poder que a igreja tem é imensa, chega a me assustar.  



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Ninguém tem a obrigação de ter que limitar a sua expressão por causa do que os outros acham, se eu não gosto, eu posso comentar sim e quem é contra que se expresse também, mas dentro dos limites das leis civis.

Disse tudo.

#10Morzan 

em Seg Jan 12, 2015 12:15 am

avatar

Membro Comum
Membro Comum
Observações antes de ler o meu post:
*Ainda não li todos os posts, irei ler e tentar atualizar esse com as minhas "observações".
*Minha opinião não é suprema, então...

Por ser uma discussão "mais profunda", vou tentar argumentar de forma...clara.

Bom, antes de mais nada vou definir algumas coisas:
Liberdade, segundo o google: "grau de independência legítimo que um cidadão, um povo ou uma nação elege como valor supremo, como ideal."
Bom, até o momento sabemos que uma pessoa é livre para ir, vir e agir, e que a liberdade individual acaba onde a liberdade do próximo começa. Tendo isso em mente, crimes são questões de liberdade. Uma pessoa PODE cometer o crime, mas a nossa sociedade tem "regras" a serem seguidas(que são em suma formas de proteger a liberdade individual) que dizem "você pode matar, mas se matar, irá tirar a liberdade do próximo, você vai ser preso" e ETC.

Ok, entendemos liberdade. Mas, liberdade se aplica ao que vamos dizer sobre determinada ideologia?
Aí entra a liberdade de expressão."Esta liberdade supõe que todos os indivíduos têm o direito de se expressar sem serem recriminados por causa das suas opiniões. " "expressão nunca deve ser alvo de censura prévia, mas antes de responsabilidade posterior. Ou seja, com a liberdade de expressão, não se pode impedir que uma pessoa se exprima, mas pode-se penalizá-la pelo uso indevido da sua expressão." (que fique claro que os usos "indevidos" e que são penalizados são os discursos que incitam à violência, à intimidação ou à subversão.)

Ok, entendemos a liberdade de expressão agora... Então quer dizer que você pode questionar qualquer pacote de ideias, contudo, sem "incitar a violência, intimidar ou subverter"? (que fique claro que religião, por mais que defina uma pessoa, não é uma pessoa. ou seja, não tem como subverter uma religião.Logo, todos são livres pra questionar religiões e dogmas livremente) Ok, parece interessante.
Religião (querendo ou não) é um pacote de ideias, logo, sujeito a criticas, piadas ou qualquer coisa do gênero. Mas... A morte de quem faz piadas (independentemente se são pesadas ou não) é justificável? DEFINITIVAMENTE NÃO.(lógico, pensando em liberdade - morte é a punição máxima pois remove toda e qualquer liberdade do individuo morto)
Independentemente se ele falou algo EXTREMAMENTE insultante para com o Islã, matar é uma ação de peso "infinito" perto do peso "finito" de uma mera "piada".

Então chegamos no ponto: Deveria haver censura? DEFINITIVAMENTE NÃO. Liberdade de expressão é um direito incondicional para todos os seres humanos, independente se ele fala merda ou não. Sem contar que censura faria com que os muçulmanos pensem que estão no poder (FALARAM DO NOSSO DEUS, METRALHAMO, CENSURARAM...A GENTE É FODA)
Lembrando da definição de liberdade de expressão: "expressão nunca deve ser alvo de censura prévia, mas antes de responsabilidade posterior."
E como definido por liberdade: A liberdade acaba quando ultrapassa os limites pessoais. OU SEJA: ENQUANTO a critica não ofender diretamente uma pessoa, ela é valida e imune a qualquer censura ou repressão. Enquanto a critica for a 'ideias' como é a religião, não há o que se possa fazer contra.



Então, definitivamente não.


_________@edit: respondendo ______________


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu: Mas só tocando no assunto de Religião e Política serem assuntos que podem ser discutidas, eu discordo.
Cada um tem o seu jeito de pensar sobre a Religião, crer ou não crer nela depende de muita coisa da vida de uma pessoa. Existem pessoas que são crentes graças aos pais que os levavam desde crianças para à Igreja e dentro de lá eles cresceram. Outras pessoas são crentes por que creem que chegaram no fim do poço e Deus os levantou e os ajudou a retomar a rotina novamente. Por que necessitam de um herói na vida delas.

Eu entendo seu ponto. Mas pense assim: imagine que Hittler tivesse feito o Nazismo florescer e tivesse virado uma religião. Você à respeitaria? Você seria obrigado a respeitar só porque "varias pessoas acreditam cegamente nisso"?
(usei o nazismo a titulo de exemplo, que isso fique claro por favor)
Quando se estuda "culturas" fica claro que nem toda cultura "merece ser respeitada", aliás, nenhum "pacote de ideias" por mais "massivo" ele seja, deve ser respeitado pelo "titulo" que ele recebe, seja "religião", seja "politica". TODO pacote de ideias DEVE ser discutido. Bom.. pelo menos quem tem interesse em discuti-los, deveria discuti-los. Você tem todo seu direito de manter uma opinião "ignorante" sobre estes assuntos. (não te chamei de ignorante, e que isso fique bem definido também, ja que se você não raciocina ~~discute o assunto~~ provavelmente a sua opinião não é a das mais embasadas, uma vez que você depende do "respeito", portanto sua OPINIÃO é ignorante.-- no caso não estou atacando "wolfed pessoa" e sim "wolfed opinião" -- que isso fique bem claro por favor.)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:temos um demente que ganhou fama divulgando uma charge que desrespeita a religião dos outros. Não sei pra qual lado a balança tá pendendo, lol.

Acho que a mesma coisa que eu disse pro Wolfed. Não devemos respeitar nenhum pacote de ideologismos.



Última edição por Morzan em Seg Jan 12, 2015 2:13 pm, editado 7 vez(es)

#11s_herlock 

em Seg Jan 12, 2015 12:40 am

avatar

Membro Comum
Membro Comum
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:
Independentemente se ele falou que iria "foder" com todas as muçulmanas no planeta, matar é uma ação de peso "infinito" perto do peso "finito" de uma mera "piada".

Dependendo da piada, o peso pode levar à morte, se tornando "infinito".

"Meras piadas" não definem o humor do charlie.

#12Morzan 

em Seg Jan 12, 2015 12:51 am

avatar

Membro Comum
Membro Comum
Como eu disse, independentemente do peso da piada, se não ultrapassar os limites da liberdade individual que ele detêm, ele é livre pra falar QUALQUER coisa de QUALQUER religião.
E morte não é justificável.

#13Steeph 

em Seg Jan 12, 2015 8:16 am

avatar

Administradora
Administradora
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] esclareceu muito bem, concordo 100%, é o que eu quis dizer só que com mais embasamento e escrito por alguém com mais paciência ahahahahah

http://be.net/ideasfromsteeph http://cargocollective.com/ideasfromsteeph
#14s_herlock 

em Seg Jan 12, 2015 3:57 pm

avatar

Membro Comum
Membro Comum
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Como eu disse, independentemente do peso da piada, se não ultrapassar os limites da liberdade individual que ele detêm, ele é livre pra falar QUALQUER coisa de QUALQUER religião.
E morte não é justificável.

concordo

#15Hagaro 

em Ter Jan 20, 2015 4:36 pm

avatar

Membro Comum
Membro Comum
Eu não sou Charlie! E tb não entendi pq tanta repercussão, o islã já matou milhares de crianças de Israel sem motivo algum e ninguem fez nenhum tipo de protesto. Agr esses babacas ai vao zoar a religião alheia, morreram por um motivo concreto. Por outro lado penso que o pessoal que se sente ofendido com essas coisas tem que aprender a ignorar tb.

#16Alvim 

em Ter Jan 20, 2015 4:57 pm

avatar

Membro Comum
Membro Comum
O que me deixou puto mesmo foi que um Humorista Francês foi preso por "Apologia ao Terrorismo" por ter dito no facebook "Je Suis Charlie Coulibaly" em referência a Amedy Coulibaly, que atacou um supermercado judaico em Paris.

Foi comprovado que ele nao tinha nenhuma relação com grupos terroristas mas mesmo assim foi preso.
Acho que da mesma forma que o Jornal tinha o direito de fazer aquelas charges que eu considerei pesadas, esse Humorista tinha direito de dar a "zoada" dele.

#17otusss 

em Ter Jan 20, 2015 7:02 pm

avatar

Membro Comum
Membro Comum
a galerinha se estressa muito com pouca coisa, eram só charges, mas pra que cutucar onça com vara curta? era óbvio que os piradinhos íam aprontar.
não acho que deve haver censura, mas também não acho que eles merecem moral a mais por fazer piadinha.

#18Morzan 

em Ter Jan 20, 2015 11:38 pm

avatar

Membro Comum
Membro Comum
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Eu não sou Charlie! E tb não entendi pq tanta repercussão, o islã já matou milhares de crianças de Israel sem motivo algum e ninguem fez nenhum tipo de protesto. Agr esses babacas ai vao zoar a religião alheia, morreram por um motivo concreto. Por outro lado penso que o pessoal que se sente ofendido com essas coisas tem que aprender a ignorar tb.

"morreram por um motivo concreto"
desculpa cara, mas... CALA A BOCA.
vlwflw

#19Ohra Leigh 

em Qua Jan 21, 2015 3:40 am

avatar

Novato
Novato
Não estou muito por dentro do assunto, mas vou compartilhar minha opinião até então.
Antes de qualquer coisa, não interessa o quão "pesado" alguém pode pegar em uma piada, não irá justificar em momento algum a morte de NENHUMA pessoa.
As mortes são resultados de fanatismo extremo por parte dos Muçulmanos. Não interessa o quão absurda a opinião alheia pareça para você, nenhuma piada em nenhuma circunstância justifica tirar a vida de uma pessoa.

#20Hagaro 

em Qua Fev 11, 2015 9:05 am

avatar

Membro Comum
Membro Comum

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

#21Conteúdo patrocinado 


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Por favor, faça o login para responder

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum